• Patricia Wanderley

Requisitos do prontuário médico

Não há exigência de que o médico se utilize de arquivo físico ou eletrônico para a guarda do prontuário do paciente - a escolha é do profissional.

.

Porém, caso queira abrir mão da papelada, deve ficar atento ao escolher um programa que esteja dentro das regras do CFM.

.

Os requisitos foram impostos para permitir o sigilo das informações, a inalterabilidade das anotações e a recuperabilidade dos dados.

.

1⃣Inicialmente, busque uma empresa certificadora que expeça certificados digitais pela ICP-Brasil, pois essa é a chave pública que possui validade jurídica no nosso país.

.

2⃣Na sequência, busque por um sistema que apresente o nível de garantia de segurança 2: este nível identifica modificações posteriores nas anotações do prontuário.

.

Achou um sistema que parece interessante?

3⃣Entre no site da SBIS (Sociedade Brasileira de Informática em Saúde), clique na aba “certificação” e verifique se o sistema escolhido consta na lista de auditados – não é uma exigência do CFM, mas garante maior segurança na escolha do seu software.

.

Atenção!

Importante diferenciar “prontuário eletrônico” de “prontuário digitalizado”.

O eletrônico nasce num sistema próprio, diferente do digitalizado.

A digitalização dos prontuários antigos deve obedecer requisitos de lei.





0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo